Prêmio Nacional de Inovação

logotipo prêmio nacional de inovação

O Prêmio Nacional de Inovação foi criado pela MEI para incentivar e reconhecer os esforços bem-sucedidos de inovação e gestão da inovação nas organizações que atuam no Brasil. A edição 2016/2017, realizada pela CNI, SESI, SENAI e Sebrae, conta com o apoio do IEL, MCTIC, MDIC, MBC, ABDI, Anpei, Anprotec, CAPES, CNPq e Embrapii.

O Prêmio se destina a empresas de todos os portes, além das participantes do projeto Agentes Locais de Inovação do Sebrae.

Em 2016, foi elaborada uma nova metodologia de avaliação, com base em padrões internacionais. A nova metodologia possui quatro modalidades e duas categorias, detalhadas a seguir:

  • Modalidade 1: Empresas do Projeto Agentes Locais de Inovação (ALI) do Sebrae
  • Modalidade 2: Micro ou Pequena Empresa do setor industrial
  • Modalidade 3: Média Empresa do setor industrial
  • Modalidade 4: Grande Empresa do setor industrial
  • Categoria Gestão da Inovação: contempla organizações que, por meio da implementação de processos, métodos, técnicas e ferramentas de gestão da inovação, produzem um ambiente profícuo à geração de inovações. A avaliação identifica o nível da capacidade de inovação, em função da aderência aos fundamentos estabelecidos e dos resultados efetivos para a organização.
  • Categoria Inovação: contempla as inovações que contribuíram para o aumento dos níveis de competitividade da empresa. A avaliação considera os efeitos produzidos sobre os resultados da inovação na organização, tomando como base as definições apresentadas pela 3ª edição do Manual de Oslo. Essa categoria divide-se em subcategorias:
    • Inovação de produtos: introdução de bem ou serviço novo ou significativamente melhorado, no que concerne a suas características ou usos previstos;
    • Inovação em processos: implantação de processo de produção ou entrega, que seja novo ou significativamente melhorado;
    • Inovação em marketing: implantação de novo método de marketing, envolvendo mudanças significativas na concepção do produto ou em sua embalagem, no posicionamento (placement), na promoção ou nos preços;
    • Inovação organizacional: implantação de novo método organizacional nas práticas de negócios da empresa, na organização do trabalho ou em suas relações externas.

O período de inscrições para participar do Prêmio foi de 19 de setembro de 2016 a 18 de janeiro de 2017. Houve 3.987 empresas inscritas, de todos os estados, o que representou um aumento de mais 79% em relação à edição anterior.

Até maio, as empresas passarão por três etapas de avaliação até chegar à cerimônia de reconhecimento que será realizada em São Paulo, durante o 7º Congresso Brasileiro de Inovação da Indústria.Serão apresentadas 60 empresas finalistas e anunciadas até 20 vencedoras.

Todas as empresas inscritas recebem o relatório de avaliação de sua candidatura ao Prêmio Nacional de Inovação. O relatório é elaborado por especialistas em inovação e apresenta os pontos fortes e as oportunidades de melhoria das evidências apresentadas, além de comparações com o setor e porte a nível nacional.

Além do relatório de avaliação, as vencedoras do Prêmio Nacional de Inovação recebem premiações de acordo com os critérios do regulamento, sendo elas:

  • Troféu, divulgação nacional e publicação de resultados;
  • Curso de Educação Executiva Nacional: ministrado por escola de negócios reconhecida internacionalmente;
  • Edital SESI SENAI de Inovação: as empresas premiadas recebem pré-aprovação da proposta de projeto, que deve atender aos requisitos do edital;
  • Edital InovAtiva: as empresas premiadas recebem 10% de pontuação extra no processo de seleção do edital em 2017)

Empresas de micro, pequeno, médio e grande porte são reconhecidas nas seguintes categorias:

Agente Local de Inovação

Direcionada a micros e pequenas empresas atendidas pelo Programa Agentes Locais de inovação.

Inovação Tecnológica

Valoriza projetos de produtos ou processos que contribuem para o aumento da competitividade da empresa.

Inovação em Modelo de Negócio

Premia a forma como projetos são levados ao mercado a fim de aprimoramento de modelos de negócio capazes de gerar impactos na empresa.

Gestão da Inovação

Reconhece métodos, técnicas e ferramentas de gestão da inovação que estabeleçam ambiente propício ao desenvolvimento de projetos inovadores.

O diferencial do Prêmio Nacional de Inovação é o envio, para todas as empresas participantes, do Relatório de Avaliação, diagnóstico elaborado por especialistas no tema gestão da inovação, que apresenta os pontos fortes e oportunidades de melhoria de gestão dos projetos inovadores e/ou do sistema de gestão inscrito, além de proporcionar o aprimoramento da candidatura da empresa para a próxima edição do Prêmio.

A edição atual alcançou o recorde de 2.219 inscrições vindas de todas as regiões brasileiras e no dia 13 de maio, dentro da programação do 6ª Congresso Brasileiro de Inovação da Indústria, acontecerá a cerimônia de reconhecimento das 12 empresas vencedoras da edição 2014/2015 do Prêmio Nacional de Inovação.

Os vencedores receberão Curso de Educação Executiva com escola de negócios reconhecida internacionalmente, Missão Técnica Internacional e recursos pré-aprovados do Edital SENAI-SESI de Inovação, de acordo com os critérios do regulamento.


Acesse o site para mais informações e download do documento completo:

mais informações